Advogado Especialista em Leilão de Imóveis

Dúvidas sobre leilão de imóveis? Entenda a seguir quais são as vantagens e desvantagens de adquirir um imóvel através de um leilão.

divisao-pagina

Quais os riscos e vantagens de adquirir um imóvel em leilão judicial ou extrajudicial?

O leilão imobiliário tornou-se uma alternativa de investimentos em tempos de juros baixos e de menor rentabilidade em aplicações financeiras. Além disso, é uma ótima oportunidade de adquirir imóvel a baixo custo para moradia ou mesmo para investimento com rentabilidade acima dos índices praticados no mercado financeiro. No entanto, com o aumento da oferta de imóveis obtidos por leilão, também cresce a quantidade de problemas decorrentes de arrematações realizadas pelos interessados sem o mínimo de cuidado ou acompanhamento jurídico, o que pode trazer verdadeiro pesadelo ou mesmo prejuízo aos investidores.

Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech

divisao-pagina

Áreas de Atuação

Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech

divisao-pagina
Dúvidas frequentes sobre leilão de imóveis

Advogado Inventário, Advogado Imobiliário, Advocacia Empresarial, Advogado Fintech
De quem é a responsabilidade das dívidas condominiais e de IPTU após a arrematação do imóvel?

Salvo se constar informação específica no edital sobre a responsabilidade do arrematante quanto ao pagamento das dívidas anteriores à arrematação, a este caberá a responsabilidade de pagamento do condomínio e IPTU tão somente a partir da data da arrematação.

Qual o risco na arrematação de direitos sobre o imóvel?

Quando é levado a leilão apenas os direitos sobre imóvel, em geral, significa dizer que o devedor não transferiu para si a propriedade plena do bem. Assim, é necessário analisar os documentos existentes no processo para verificação dos motivos que levaram a falta de registro do imóvel, se há prova de quitação do preço pago e se o imóvel está apto para ser transferido ao arrematante. Deve-se observar também que esses casos exigem registrar todos os atos de venda realizados anteriormente, com o respectivo pagamento de ITBI de cada ato.

Quando deve ser recolhido o ITBI? Posso pagar menos ITBI na arrematação?

Em São Paulo, o ITBI deve ser recolhido em até 15 dias da arrematação. No caso de oferecimento de embargos em até 10 dias do trânsito em julgado dos Embargos. O arrematante deve sempre observar a necessidade do recolhimento do ITBI para não incidir em multa. Em São Paulo existe a possibilidade de ser pago ITBI em valor menor quando da arrematação, já que a Prefeitura normalmente cobra o imposto sobre o valor venal de referência.

 

 

Existe o risco de eu perder o meu dinheiro na arrematação de um imóvel por conta de outros débitos do devedor e penhoras?

O risco de perda do dinheiro utilizado na arrematação do imóvel é mínimo e, no caso de anulação da arrematação, será devolvido ao arrematante com juros e correção monetária.  Caso haja outros débitos do devedor, será feito concurso de credores com o pagamento através do valor da arrematação, conforme a ordem de preferência do crédito. Existe risco de haver débitos específicos sobre o imóvel que possam recair sobre o arrematante, sendo que para isso é importante o apoio jurídico de advogado. Outro fato importante é observar e cuidar que o valor da arrematação somente seja levantado para pagamento de outros débitos após a expedição da carta de arrematação.

Posso arrematar um imóvel sem o auxílio de advogado?

A pessoa poderá dar lances e arrematar o imóvel sem a necessidade de advogado. No caso de leilão judicial, será necessária a presença de um advogado para os passos seguintes ao leilão até o registro do imóvel em nome do comprador. Embora a pessoa possa arrematar um imóvel sem o auxílio de advogado, tal fato não é recomendado já que este profissional possui conhecimentos suficientes para a análise dos riscos jurídicos envolvidos, a qual deverá ser feita antes mesmo da arrematação. A análise dos riscos deve ser feita com o apoio jurídico de um advogado especialista em direito imobiliário, a fim de evitar ou minimizar as surpresas que podem resultar de um leilão de imóvel.

divisao-pagina
Entre em contato agora com um Advogado!

divisao-pagina

Contato

 

2 + 6 =

Telefone:  (11) 99912-7747        WhatsApp:  (11) 99912-7747

divisao-pagina

Contato

 

6 + 14 =

Telefone:  (11) 99912-7747

WhatsApp:  (11) 99912-7747

 

divisao-pagina

Blog & Notícias

Leilões judiciais como forma de investimento

Leilões judiciais como forma de investimento

Nos últimos meses foi possível observar um aumento na oferta de bens em leilões judiciais. Nesse contexto, os leilões judiciais vêm se tornando cada vez mais atrativos para investidores que buscam adquirir bens para fins lucrativos. No entanto, a participação em...

ler mais
Imissão de posse em leilões extrajudiciais

Imissão de posse em leilões extrajudiciais

Na maioria dos casos onde se arremata um imóvel em leilão extrajudicial, o arrematante acaba descobrindo que não é possível ter a posse imediata do imóvel. Isso geralmente ocorre porque o imóvel se encontra ocupado, seja pelo ex-proprietário ou mesmo por terceiros....

ler mais
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Olá 👋 Posso ajudar? Se quiser saber mais sobre Nossos Serviços é só mandar uma mensagem 😉. Atendemos apenas a cidade de São Paulo e Grande SP.